27.05.22 | Receitas

Ravióli é sempre sucesso: confira essa receita ao molho de queijos

Não precisamos nem dizer que somos apaixonados pelas massas italianas. E quem é que não gosta de uma massa super saborosa combinada com um molho especial, ainda mais se essa massa traz um sabor a mais: recheio. É por isso que o ravióli, desde a sua invenção, no século XIV, continua sendo, até hoje, o carro-chefe da culinária italiana em muitos restaurantes pelo mundo e, também, de muitas famílias que não deixam faltar essa especialidade em suas reuniões em volta da mesa. 

A história do ravióli começa na Ilha da Sicília (Itália) – que inclusive é berço de outras tantas iguarias culinárias. Conta-se que, no início, essa espécie de pastelzinho não tinha recheio. Eram feitos apenas pequenos recortes da massa em formato quadrado ou retangular e colocados em sopas e caldos. O recheio passou a ser adotado um bom tempo depois. Começando com recheio de ovos, ricota, queijo e especiarias.

 O popular recheio com carne surgiu no norte da Itália e, mesmo com toda a tradição dos anteriores, esse passou a ser o queridinho até hoje. Inclusive essa é uma característica que você já deve ter percebido, o ravióli, atualmente, pode ser apresentado em vários formatos e recheios. Pois, ao longo do tempo, foi sofrendo alterações em sua receita original de acordo com a cultura de cada região da Itália. Abaixo, listamos alguns desses nomes e formatos para vocês:

Capeletti: também é uma massa recheada, porém é dobrada de uma forma diferente (formando uma espécie de pequeno chapéu). É uma evolução do ravióli e faz parte da história da evolução da massa.

 – Agnolini e tortelini: muitos têm dúvidas sobre qual seria a diferença entre o capeletti, agnolini e tortelini. A verdade é que se trata da mesma massa e recheio, inclusive com um formato muito parecido. Por isso, a dúvida. A diferença é muito sutil quanto ao tamanho da massa que é cortada para enrolar. A razão dos nomes diferentes é devido a como a massa ficou conhecida em determinadas regiões da Itália. Mas, basicamente, se trata da mesma coisa. 

De tanto ler sobre ravióli deu vontade de preparar e saborear um por aí? Então, que tal separar uma bandeja de Ravióli Romanha (você pode escolher o seu recheio – carne, frango ou queijo) e preparar essa receita que separarmos para você? Um molho de queijo sempre cai bem!

Ravióli ao Molho de Queijos

Ingredientes

Ravióli de Queijo Romanha (400 g)

Sal

1 colher (sopa) de manteiga derretida

2 colheres (sopa) de salsa picadinha

Molho

50 g de manteiga

50 g de muçarela ralada

50 g de queijo prato ralado

1/2 pote de requeijão cremoso (100 g)

50 g de parmesão ralado (e mais para acompanhar)

1 caixinha de creme de leite (200 g)

Sal

Modo de Preparo

Cozinhe o ravióli em água fervente abundante temperada com sal a gosto, até ficar “al dente” (enquanto isso, prepare o molho).

Escorra, junte a manteiga derretida e a salsa e misture delicadamente.

Acomode em uma travessa, regue com o molho e sirva acompanhado de parmesão.

Molho

Misture os ingredientes em uma panela e cozinhe em fogo baixo, mexendo às vezes, até levantar fervura e obter um molho uniforme. Utilize.

Bom apetite!

Categorias

Curiosidades

Dicas

Institucional

Receitas

Todas

Nos envie sua receita com Romanha

E nós vamos publicá-la aqui no nosso site para que mais e mais pessoas possam prová-la também! Tá esperando o quê?

Envie sua receita

Siga-nos!

Leia Também

Ver todos os posts
03.08.22 |  Curiosidades

O que é sêmola?

26.07.22 |  Curiosidades

Qual a origem do pastel?

24.06.22 |  Receitas

Hora do cafezinho: 3 receitas de pastel doce para complementar o seu cardápio